Governo Federal lança portal Participa.br e Política Nacional de Participação Social

Por COLIVRE

Na última sexta-feira (23/05), a presidenta Dilma Roussef lançou oficialmente a Política Nacional de Participação Social (PNPS), que visa articular mecanismos e instâncias democráticas de diálogo e fortalecer a atuação conjunta entre governo federal e sociedade civil. Junto com a PNPS também foi lançado o portal Participa.br, plataforma desenvolvida a partir do software livre Noosfero que oferece uma série de ferramentas de participação para cidadãos, redes, movimentos sociais e organizações que querem dialogar com o Governo Federal na construção de políticas públicas.

Leia a reportagem na integra aqui

Anúncios

Governo institui Política Nacional de Participação Social

Por Casa Civil

O governo federal lançou nesta sexta-feira (23) a Política Nacional de Participação Social. O decreto que institui o instrumento foi assinado pela presidenta da República, Dilma Rousseff, durante a entrega da 5ª edição do Prêmio ODM Brasil, em Brasília (DF). Participaram do evento os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência da República), entre outras autoridades.

 O objetivo da nova política é fortalecer e articular os mecanismos e as instâncias democráticas de diálogo entre Estado e sociedade civil. A política abre caminho para as novas formas de participação social, por meio das redes sociais e dos mecanismos digitais de participação via internet. Dessa forma, coloca o Brasil à frente na agenda internacional de participação social, conferindo protagonismo aos novos movimentos sociais em rede, ao mesmo tempo em que reconhece e valoriza as formas tradicionais de participação e os movimentos sociais históricos.
Leia reportagem na integra aqui

Governo lança política para estimular participação social nas decisões públicas

Por EBC

A presidenta Dilma Rousseff assinou hoje (23) o decreto que institui a Política Nacional de Participação Social, que tem o objetivo de fortalecer e articular os mecanismos e as instâncias democráticas de diálogo entre o Estado e a sociedade civil. A assinatura ocorreu na Arena de Participação Social, evento que reúne representantes de organizações da sociedade civil, pesquisadores e gestores públicos.

Leia a reportagem na integra aqui