Macarthismo à brasileira e a Política Nacional de Participação Social

Por Carta Potiguar

O macarthismo foi uma doutrina vigente no governo dos Estados Unidos na década de 1950, movida por atitudes do Senador Joseph MacCarthy. Envolve em essência uma paranoica patrulha anticomunista. Na aurora da Guerra Fria, era interesse dos EUA pintar como o diabo o inimigo externo: a União Soviética e o socialismo.

O macarthismo chegou atrasado ao Brasil. Políticos como Roberto Freire, do PPS, e “jornalistas” como Reinaldo Azevedo compreenderam que a única forma de ter suas tresloucadas opiniões ouvidas é pregar o medo da ameaça comunista corporificada pelo PT. Para quem tem um mínimo de leitura de qualquer autor comunista, notadamente Marx, o PT não tem absolutamente nada de comunista. Para quem não tem essa leitura, basta saber que o comunismo acabou com a União Soviética. Ponto.

Leia reportagem na integra aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s